CMSE mantém decisão de não despachar usinas fora da ordem de mérito

Segundo o comitê, há aumento nos níveis de reservatórios importantes para o sistema e a previsão é de manutenção do cenário de chuvas

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico anunciou em nota que vai manter a estratégia aprovada na sexta-feira passada (22) de não despachar usinas termelétricas fora da ordem de mérito. O CMSE antecipou para esta quinta-feira, 28 de fevereiro, a reunião de avaliação das condições de suprimento do Sistema Interligado.

“Segundo informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, foi verificado aumento no nível de diversos reservatórios relevantes do ponto de vista de geração de energia elétrica, resultando em um armazenamento equivalente da região Sudeste/Centro-Oeste de 29%. Além disso, destaca-se que, para os próximos dias, está prevista a permanência das chuvas em boa parte do Sudeste/Centro-Oeste”, explicou o CMSE, em comunicado assinado pela Secretaria-Executiva do colegiado.

O CMSE tem se reunido semanalmente desde a última reunião mensal do dia 6 de fevereiro para monitorar com mais frequência o cenário hidrológico e as condições de abastecimento do sistema elétrico. No último dia 9, foi autorizado o acionamento de térmicas com Custo Variável Unitário até R$ 588,75/MWh nos subsistemas Sudeste-Centro-Oeste e Sul, em razão do níveis dos reservatórios das hidrelétricas e da previsões de chuva. Essas térmicas foram desligadas no sábado passado, 23.