Cade aprova Taesa comprar parte da Eletrobras nas Transmineiras

Eletrobras vendeu participação em empreendimentos que Taesa já era sócia

A Taesa informou em comunicado ao mercado nesta terça-feira, 19 de março, que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou sem restrições a compra de ações das Companhias Transirapé de Transmissão, Transleste de Transmissão e Transudeste de Transmissão, conhecidas como ‘Transmineiras’. Os empreendimentos faziam parte das SPEs que a Eletrobras colocou à venda no ano passado e como a Taesa era sócia, conseguiu a preferência de compra no certame, em detrimento da Alupar.

De acordo com o comunicado, a operação ainda está sujeita à observância do prazo legal recursal de 15 dias. Após esse prazo, a Superintendência Geral do Conselho publica certidão de trânsito em julgado, caso não haja recurso. Além disso, a consumação da compra está sujeita ao cumprimento de outras condições para essa operação.