Portal Solar recebe aporte do Banco Votorantim e passa a fazer vendas diretas

Expectativa é ter um crescimento de 200% nos projetos financiados em 2019

O Portal Solar, loja virtual destinada a vendas de equipamentos para geração fotovoltaica, passa a ter como sócio minoritário o Banco Votorantim. O valor do negócio não foi revelado. As empresa já tem uma parceria comercial desde 2017, com a BV ofertando crédito para o financiamento do sistema solar.

“Além da parceria comercial, a instituição financeira Banco Votorantim passa a ter participação societária minoritária no Portal Solar. O investimento é mais um movimento estratégico do Banco Votorantim em seu processo de transformação digital, marcado pela inclusão de fintechs em seu ecossistema”, diz o comunicado divulgado nesta segunda-feira, 1° de abril.

“O Portal Solar é referência em energia solar no país, com uma proposta de negócio voltada ao consumidor final que está alinhada com o posicionamento em diversificação de produtos da BV”, explica Gabriel Ferreira, diretor Executivo de Varejo, Marketing, Digital e Estratégia Corporativa do Banco Votorantim.

Outra novidade é que o Portal Solar passa a realizar vendas diretas para o consumidor final. Antes as vendas erram voltadas a instaladores e integradores. Clientes residências e empresas terão à disposição um novo simulador que fará a seleção do kit gerador de acordo com o consumo, além de novas formas de pagamento, logística otimizada para o varejo e um programa de bonificação para os Instaladores. A nova versão da plataforma de e-commerce de painéis fotovoltaicos será lançada em maio deste ano.

“A parceria com a BV possibilitou ao Portal Solar oferecer, de forma eficiente na plataforma, financiamentos que englobam em uma única operação a compra de equipamentos e o serviço de instalação. A expectativa é ter um crescimento de 200% nos projetos financiados em 2019”, ressalta Rodolfo Meyer, CEO do Portal Solar.

Para o cliente interessado em produzir sua própria energia elétrica, a operação de crédito da BV no Portal Solar é feita totalmente online e os recursos destinam-se a projetos orçados entre R$ 5 mil e R$ 500 mil, com parcelas que variam de 12 a 60 vezes e taxa de juros a partir de 0,99% ao mês e carência de até 60 dias. Atualmente, o Portal Solar agrega cerca de 9 mil empresas do setor no Brasil e possui 6 mil itens disponíveis, incluindo opções de geradores fotovoltaicos, equipamentos de instalação, inversores, sistemas de bombeamento, entre outros.