Eólicas da Enel Green Power são aprovadas como produtoras independentes no PI

Usinas Ventos de Santa Ângela 12, 13 e 16 somam 92,7 MW de capacidade instalada no Piauí

A diretoria da Aneel aprovou a exploração de energia elétrica sob regime de Produção Independente das centrais de geração eólica Ventos de Santa Ângela 12, 13 e 16, ambas de posse da Enel Green Power e localizadas nos municípios de Lagoa do Barro do Piauí e Dom Inocêncio, no Piauí. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 8 de abril, através dos despachos 7720, 7721 e 7722.

A primeira usina é constituída por dez aerogeradores de 3 MW, e tem o início das obras civis das estruturas marcada para 29 de março de 2020, e operação comercial a partir de 30 de novembro do mesmo ano. Já a EOL Ventos de Santa Ângela 13 tem uma turbina a menos mas cada uma de suas nova unidades possuem 3,1 MW, o que confere um total de 30 MW. O projeto vai de abril de 2020 até dezembro do mesmo ano. A outra usina conta com uma capacidade pouco maior, de 31,5 MW divididos entre 10 aerogeradores, com operação prevista para iniciar em novembro de 2020.