Inscrições para 2ª edição do CPFL Inova terminam dia 15 de abril

Programa de aceleração em parceria com a Endeavor irá selecionar até 12 empresas com soluções inovadoras para o setor elétrico, com acesso ao fundo de R$ 10 milhões para projetos

A CPFL Energia anunciou que as inscrições para a segunda edição do CPFL Inova, programa de inovação aberta desenvolvido em parceria com a Endeavor, estão abertas até a próxima segunda-feira, 15 de abril, podendo ser realizadas no site da ONG. O programa tem como foco quatro eixos temáticos: energia, eficiência operacional, relacionamento com cliente & transformação digital, e cidades inteligentes. A expectativa é descobrir companhias com modelo de negócio escalável, chamadas scale-ups, que se utilizem de tecnologias como blockchain, internet das coisas (IoT), realidade aumentada, robotização, inteligência artificial, machine learning e big data.

Em 30 de abril, serão anunciados os nomes das empresas pré-selecionadas para participar da banca de seleção, composta por executivos da CPFL Energia e mentores da Endeavor. Os 12 selecionados serão anunciados em 15 de maio, e a abertura será em 29 de maio. A ideia é atrair empreendedores que crescem e querem continuar crescendo com alto potencial de impacto, e que liderem os negócios com ética, gestão e profissionalismo.

A edição do projeto terá duração de sete meses e, ao longo deste período, os selecionados receberão mentoria conduzidas por executivos da empresa e mentores da rede ONG – com algumas das principais lideranças empresariais do país. A proposta é conduzir a troca de experiências entre empresas, mentores, e entre os próprios empreendedores participantes, com foco em novos desafios para o crescimento dos seus respectivos negócios.

Ao final do processo, os participantes receberão um diagnóstico sobre os desafios para o crescimento do negócio e os selecionados terão acesso a um fundo de R$ 10 milhões da concessionária para o desenvolvimento de projetos, nos moldes do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel. Os recursos serão investidos em capacitação técnica e no desenvolvimento de novos produtos e serviços, com a possibilidade de parcerias comerciais com as empresas do Grupo, inclusive durante o período de realização do programa.

Para Luis Felipe Franco, head de aceleração da Endeavor, a primeira edição do programa foi gratificante, “com scale-ups inovadoras como a Linte e Blue365 – que, além de ter potencial de crescimento, também tem sinergia com o setor elétrico e entregam valor para a economia do nosso país”, comentou. Entre maio e outubro, as empresas selecionadas passarão pelo diagnóstico dos principais desafios de crescimento dos negócios, receberão mentorias individuais e coletivas, além de interações com mentores da rede Endeavor e com os executivos da CPFL Energia. O encerramento do programa ocorrerá em novembro.

Resultados

A primeira edição do CPFL Inova contou com a participação de 12 scale-ups e gerou negócios ao redor de R$ 6 milhões em desenvolvimento de projetos com as empresas selecionadas. Entre as 10 oportunidades mapeadas, está o projeto com a empresa Delfos, que consistiu no desenvolvimento de um sistema que utiliza inteligência artificial e machine learning para identificação de falhas e manutenção preditiva em eólicas e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH).

Ao longo dos sete meses , as 12 empresas participantes tiveram mais de 60 horas de mentorias com 35 mentores da Endeavor e 30 executivos da companhia de diversas áreas do Grupo CPFL, como marketing, distribuição, sustentabilidade, suprimentos, comercial, estratégia, eficiência energética, entre outros.  Os líderes das startups tiveram a oportunidade de trocar experiências com os mentores e com os outros empreendedores, discutindo os desafios para o crescimento e a sustentabilidade de seus negócios. No período do programa, as 12 empresas registraram crescimento de 48% no faturamento total, alcançando R$ 77,8 milhões, e um aumento de 35% no número de colaboradores, de 281 para 379 funcionários.