Aneel aprova alteração do cronograma intermediário da UTE Porto de Sergipe I

Decisão não muda a data de entrada em operação do empreendimento, prevista para 1º de janeiro de 2020

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou a alteração do cronograma intermediário de implantação e operação em teste da usina termelétrica Porto de Sergipe I, em consequência das greves dos caminhoneiros e dos auditores fiscais da Receita Federal no ano passado. A Aneel também adiou o início do Contrato de Uso do Sistema de Transmissão com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, que entraria em vigor a partir de 1º de março de 2019.

Com a decisão, a agência reconhece isenta a Centrais Elétricas de Sergipe de responsabilidade por um período de 97 dias em que o andamento da obra foi afetada pelas paralisações. O período considerado pela Aneel vai de 26 de junho e 1º de outubro de 2018.

O deslocamento de datas do calendário de implantação não vai alterar a data de entrada em operação comercial da usina, previsto para 1º de janeiro de 2020. O empreendimento da Centrais Elétricas de Sergipe tem potencia instalada de 1,5 GW e investimento previsto de R$ 5 bilhões. A UTE Sergipe I tem contratos de comercialização negociados no leilão A-5 de 2015.