RGE aplica mais de R$ 28 milhões para modernização do sistema elétrico

Distribuidora está reformando 39 Km de rede em segunda fonte de abastecimento para Manoel Viana, além de ter efetuado a troca de mais de 3 mil postes em Novo Hamburgo e Gravataí

Com um aporte R$ 8,5 milhões, a RGE empreendeu importantes obras para o sistema elétrico de Gravataí ao longo de 2018. A concessionária realizou ações de reforço e modernização das redes de distribuição de energia, principalmente com a troca de 1.234 postes de madeira por novas unidades de concreto e instalação de quatro novos religadores automáticos e construção de 15,8 Km de rede com cabos protegidos, multiplexados e rede compacta, que possui espaçadores entre os condutores, o que dificulta que um toque no outro em dias de vento, diminuindo as interrupções no fornecimento.

Já os religadores automáticos permitem que a energia seja religada de forma remota nas situações em que as interrupções acontecem sem danos físicos na rede, o que reduz o tempo de espera pelo cliente. No entanto, há casos em que a rede acaba sendo danificada, com a necessidade de deslocamentos das equipes para o conserto. Gravataí conta atualmente com 78 religadores em operação, equipamentos também auxiliam o Centro de Operações, localizado em São Leopoldo, na execução de manobras de carga, necessárias quando há um desligamento para obra programada ou emergencial. A manobra permite que a energia seja direcionada às redes de baixa tensão e chegue aos clientes por meio de outros circuitos.

Em Novo Hamburgo, os investimentos da distribuidora chegaram a R$ 13,16 milhões no ano passado. Foram substituídos 1.931 postes de madeira por concreto e construídos 5,3 Km de rede com cabos protegidos e multiplexados. A cidade possui 89 religadores. Já o município de Cachoeira do Sul recebeu cerca de R$ 4,15 milhões em recursos para a troca de 456 postes e instalação de quatro novos religadores automáticos, além da construção de 7,2 Km de rede com cabos protegidos e multiplexados. Hoje há 39 religadores em operação na região.

Em Manoel Viana, a concessionária aplicou R$ 2,34 milhões na reforma completa do alimentador que atende o município. Este alimentador, que é a segunda fonte de abastecimento da zona central da cidade, fará a interligação com a cidade de São Francisco de Assis. A obra também contempla a reforma de 39 Km de rede com a substituição de postes de madeira por concreto e instalação de cabeamento mais moderno. Em 2018 a RGE investiu R$ 1,53 milhão em Manoel Viana, instalando dois novos religadores automáticos e efetuando a substituição de 264 postes.

Alinhada ao Planejamento Estratégico do Grupo CPFL Energia, a RGE encerrou 2018 com investimentos de R$ 779 milhões nos 381 municípios de sua área concessão. Neste período, foram trocados 77.632 mil postes de madeira por concreto.