Leilão de RR terá preço único de R$ 1.078,00/MWh para contratos de potência

Unificação do preço de referência foi aprovada pela Aneel nesta segunda-feira, 29 de abril

O Ministério de Minas e Energia decidiu estabelecer preço de referencia único de R$ 1.078,00/MWh para a contratação de potência, no leilão destinado ao atendimento a Boa Vista e localidades conectadas, em Roraima. A alteração nos valores, que antes eram de R$ 754,00/MWh para projetos a gás e fontes renováveis e de  R$ 1.078,00/MWh para as demais fontes, foi  feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica em reunião extraordinária nesta segunda-feira, 29 de abril. O certame está marcado para o dia 31 de maio, em São Paulo.

O edital, que havia sido aprovado na terça-feira passada (23) pela Aneel, manteve o preço teto de R$ 409,00/MWh para a energia vendida no certame. No leilão serão negociados contratos com início de suprimento em 28 de junho de 2021.

No produto Energia, os contratos têm duração prevista de 15 anos. Dentro da modalidade potência, está prevista a contratação de soluções de suprimento que tenham como fontes primárias gás natural ou renováveis, incluindo uma possível composição dessas fontes, contendo ou não tecnologias de armazenamento de energia. Os contratos também terão duração de 15 anos.

Outro subproduto de potencia é o Demais Fontes, que inclui solução que não se enquadre nas opções anteriores. O término de suprimento, para essas fontes, é  em sete anos.

Estão cadastrados na Empresa de Pesquisa Energética 156 projetos, dos quais 79 para o produto potência, com 4.761 MW de capacidade instalada, e 77 para o produto energia, com 1.245 MW.