Fitch eleva rating de debêntures da Santo Antônio Energia

Nota de crédito foi elevada após reperfilamento das dívidas da companhia junto ao BNDES

A agência de classificação de risco Fitch elevou o rating de “CC (bra” para “BBB- (bra)” da 3° emissão de debêntures simples, para distribuição pública, da Santo Antônio Energia, controladora da hidrelétrica de nome homônimo no Rio Madeira (RO), e da 1º emissão privada de debêntures simples, em duas séries, e com garantias adicionais da Santo Antônio Energia (1º emissão). Em cada operação, a SAESA captou R$ 700 milhões.

A nota de crédito foi elevada após a aprovação e execução do reperfilamento das dívidas da companhia junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento e Econômico e Social (BNDES) e as bancos repassadores, calculada em R$ 10 bilhões. Em dezembro de 2018, a Santo Antônio Energia assinou os contratos relativos ao reperfilamento da dívida com o Finem, programa de financiamento do BNDES, mas não deu detalhes das condições acertadas na renegociação dos débitos. Porém, informou que foram liberados R$ 280 milhões em recursos mantidos em garantia de pagamento da dívida.

A hidrelétrica de Santo Antonio tem 3.568 MW de capacidade instalada. Operada 50 máquinas no rio Madeira, no município de Porto Velho, em Rondônia. As empresas que exploram o empreendimento são Odebrecht Energia do Brasil, SAAG Investimentos, Furnas Centrais Elétricas, Cemig e Caixa FIP Amazônia Energia.