EDP recompõe mais de 2 mil km de cabos danificados por temporal

Cerca de 380 colaboradores da distribuidora foram envolvidos nos trabalhos para normalização do fornecimento no Litoral Norte, em Caraguatatuba e São Sebastião. No pico da tempestade, 80 mil clientes ficaram sem luz

As fortes chuvas que acometeram São Sebastião e Caraguatatuba, Litoral Norte de São Paulo, no último domingo (28), ocasionaram eventos atípicos que afetaram a população local e geraram grandes estragos, com ventos de mais de 100 km/h derrubando mais de 200 árvores sobre a rede da EDP. A concessionária trabalhou continuamente desde o início do temporal para reconstruir o sistema elétrico e recompor a rede danificada, destacando dez vezes mais técnicos nas equipes de campo. Ao todo, foram mobilizados cerca de 380 colaboradores, entre engenheiros, eletricistas e gestores, que substituíram 2 mil quilômetros de cabos e efetuaram a troca de 15 postes derrubados por árvores de grande porte, além da realização de mais de mil podas de vegetação sobre as linhas.

No pico da tempestade, 80 mil clientes foram impactados com falta de energia. Importante destacar que, por conta dos equipamentos remotos de automação da Empresa, que minimizam o impacto do incidente de forma automática, 80% destes consumidores afetados tiveram o fornecimento de energia normalizado nas primeiras oito horas. Devido ao grande volume de árvores e galhos caídos e outros objetos sobre a rede, parte do trabalho foi realizado em conjunto com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e demais órgãos municipais e o tempo para normalização das operações variou de acordo com a extensão dos danos causados. A companhia também reforçou o efetivo da sua Central de Atendimento, que recebeu mais de 35 mil chamadas.