Aneel mantém multa a transmissora por falhas no atendimento ao AM

Valor da penalidade aplicada à Manaus Transmissora de Energia é de R$ 322,7 mil por desligamento ocorrido em março de 2017

A Manaus Transmissora de Energia terá de pagar multa de R$ 322,7 mil, em consequência de falhas operacionais que provocaram o desligamento e dificultaram na sequência a recomposição do segundo circuito da linha de transmissão Oriximiná Silves, em 31 de março de 2017. A penalidade confirmada pela diretoria da Aneel nesta terça-feira, 11 de junho, também está relacionada ao envio indevido sucessivos de registros de atuação de proteção ao Operador Nacional do Sistema Elétrico, no dia 12 de abril daquele ano, por problemas na operação dos equipamentos pela MTE.

A empresa solicitou a transformação da multa em advertência, mas, a diretoria da Aneel negou o pedido, por considerar que as falhas de operação e de manutenção das instalações causaram danos graves à prestação do serviço e prejudicaram o atendimento do sistema elétrico do estado do Amazonas.