Copel antecipa operação de subestação Medianeira

Empreendimento é parte de um projeto com duas linhas de transmissão e outras duas subestações no estado do Paraná e em Santa Catarina

A Copel recebeu o Termo de Liberação para entrada em operação comercial da Subestação 230 kV Medianeira, que compõe o lote E do leilão de transmissão 005/2015 e, com isso, iniciou a operação comercial do empreendimento três meses antes do prazo previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O ativo pertence integralmente à Copel e proporcionará uma RAP de R$ 13,5 milhões, equivalente a 11,5% do total de R$ 117,8 milhões previstos para quando a totalidade dos empreendimentos que compõe o lote E estiverem 100% em operação.
O projeto visa atender o crescimento da demanda de energia da região de Foz do Iguaçu, Medianeira e cidades próximas, oeste do estado do Paraná, que eram atendidas em 230 kV quase que exclusivamente pela subestação Foz do Iguaçu Norte. O projeto total teve o contrato assinado em abril de 2016, é composto por duas linhas de transmissão ligando Curitiba (PR) a Blumenau (SC) e Baixo Iguaçu a Realeza, ambas no Paraná, que somam 189 quilômetros de extensão, e ainda três subestações.A concessão é por 30 anos.