Aneel lança consulta pública sobre regras para usinas híbridas

Iniciativa pretende abordar definição dos termos técnicos, classificação, possibilidades de comercialização da energia gerada e critérios para outorga e operação das usinas. Prazo para contribuições vai até 3 de agosto

A Aneel lançou na última quarta-feira, 19 de junho, uma consulta pública com o objetivo de colher informações para preparar a elaboração de proposta da normatização sobre o estabelecimento de usinas híbridas. O termo “híbridas” é usado para caracterizar a combinação de duas ou mais fontes, as quais se complementam para a produção de energia elétrica de forma mais confiável e constante.

Se hoje cada usina em separado necessita fazer o uso e a contratação das instalações de transmissão, a sinergia dos empreendimentos híbridos permite uma ocupação mais permanente da rede, o que pode resultar numa redução no custo final da energia. Vide o exemplo da fonte solar, que pode complementar os momentos de baixa geração eólica. É pensando nessa complementaridade que aparece a oportunidade do uso mais inteligente da capacidade das linhas de transmissão e distribuição com as usinas híbridas.

A consulta do órgão regulador pretende abordar a definição dos termos técnicos, a classificação das híbridas, as possibilidades de comercialização da energia gerada e os critérios para a outorga e a operação das usinas. As contribuições podem ser enviadas para o email cp014_2019@aneel.gov.br, até 3 de agosto de 2019, ou por correspondência para o endereço da Aneel – SGAN Quadra 603 – Módulo I Térreo/Protocolo Geral, CEP 70.830-110, Brasília/DF.