Enel GO usa drones para inspecionar redes

Equipamentos melhoram inspeções na alta e média tensão, auxiliam emergências e trazem mais precisão ao trabalho das equipes

A Enel Distribuição Goiás está utilizando drones para inspecionar a rede elétrica do estado e aumentar a agilidade das ações de manutenção, especialmente nas zonas rurais. Em agosto, a distribuidora vai inspecionar cerca de 1,1 mil quilômetros de redes de média tensão e 120 quilômetros de linhas de alta tensão nas regiões de Anápolis, Pirenópolis, Goianésia, Cocalzinho, Campo Limpo de Goiás, Formosa e Cachoeira Alta.

Os novos equipamentos contam com câmeras de alta resolução, que filmam todo o trajeto do voo e registram imagens em 3D. Com o auxílio das imagens, técnicos da empresa conseguem, por exemplo, maior efetividade nas inspeções das redes de média e alta tensão, melhores condições para elaborar e acompanhar projetos de ampliações de subestações, detalhes de instalações em locais de difícil acesso, auxiliando nas emergências sem comprometer a segurança dos colaboradores, além de avaliar o estado de conservação das estruturas da rede elétrica e a presença de objetos estranhos e galhos próximos a rede. Também é possível realizar transmissões ao vivo via internet durante ações emergenciais, melhorando a programação e aumentando a agilidade dos serviços.

Enel GO vai inspecionar em agosto cerca de 1,1 mil quilômetros de redes

Além disso, os drones também são equipados com câmeras de termovisão, ferramentas que permitem verificar a temperatura de equipamentos, cabos e conexões da rede, a fim de identificar e prevenir possíveis falhas. As informações geradas durante os voos são repassadas para equipes em solo, permitindo a realização de serviços na rede com segurança e precisão.

De acordo com o diretor de Infraestrutura e Redes da distribuidora, José Luis Salas, o objetivo é ter uma visão aérea das linhas de distribuição de alta tensão e redes de média tensão. Segundo ele, foi possível verificar pontos de aquecimento na rede onde é necessário realizar ações de manutenção preventiva ou corretiva de equipamentos ou, ainda, áreas para realização de podas de árvores que estejam muito próximas à fiação elétrica. A inspeção aérea permite planejar melhor o trabalho das equipes, ganhando tempo e atuando com mais precisão na melhoria da qualidade do fornecimento de energia.

A aquisição de drones faz parte do compromisso da Enel em buscar soluções inovadoras, diminuindo os riscos à segurança dos colaboradores, dos clientes e da população em geral. A iniciativa complementa o trabalho de inspeção aérea já realizado com o uso de helicópteros desde 2018 e que vai vistoriar cerca de 57 mil quilômetros de redes até o fim de 2019, totalizando investimento de R$ 21,6 milhões.