UHE Sinop consegue licença ambiental para iniciar operação

Operação comercial está prevista para começar em setembro deste ano

A hidrelétrica de Sinop (MT-401,8MW) conquistou a licença de operação nesta semana. O documento foi emitido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) de Mato Grosso, informou a Sinop Energia, concessionária responsável pela construção e exploração da usina, cujos acionistas são a EDF Norte Fluminense, Chesf e Eletronorte. Segundo a empresa, o empreendimento está na reta final de construção e todas as obrigações com a sociedade e o meio ambiente foram cumpridas.

“A partir de agora, precisamos finalizar o comissionamento com água, iniciado em julho deste ano, e solicitar as autorizações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a geração comercial. A LO é apenas um dos documentos necessários para que de fato possa ter o despacho para geração comercial de energia”, disse o diretor-presidente da Sinop Energia, Ricardo Padilha, algumas etapas ainda precisam ser cumpridas.

A licença tem validade de cinco anos e apresenta algumas condicionantes a serem atendidas durante o período de operação. A partir da emissão da licença, a Sinop Energia tem um novo ciclo com continuidade dos compromissos ambientais e sociais na região. O início da geração está previsto para setembro deste ano.

Localizada a 70 quilômetros da cidade de Sinop, entre os municípios de Cláudia (margem direita do rio) e Itaúba (margem esquerda), a hidrelétrica Sinop, no rio Teles Pires, tem potência instalada de 401,88 MW, o suficiente para abastecer 1,6 milhão de pessoas, o equivalente a 50% da população do Mato Grosso. O reservatório formado em abril deste ano abrange os municípios de Cláudia, Itaúba, Ipiranga do Norte, Sinop e Sorriso.

Com investimentos em torno de R$ 3 bilhões, a usina tem uma casa de força com duas turbinas/geradores Kaplan. Tem como acionistas principal a EDF Norte Fluminense (51%), e as empresas do grupo Eletrobras, Chesf com 24,5% e Eletronorte com 24,5% de participação em seu capital social.