Modernização da rede elétrica da Cemar entra no rol de projetos prioritários

Programa de investimentos para infraestrutura de distribuição da concessionária maranhense prevê R$ 608,8 milhões até 2020. Projeto da Energisa Borborema também é enquadrado

O Ministério de Minas e Energia aprovou como prioritário o programa de investimentos da Cemar para modernização e expansão da malha de distribuição energética do Maranhão, num aporte total de aproximadamente R$ 608,8 milhões até 2020, sendo R$ 213 milhões a serem investidos nesse ano. Com a declaração, a distribuidora controlada pelo Grupo Equatorial Energia poderá realizar emissão de debêntures de infraestrutura para financiar os investimentos, com vantagens fiscais aos investidores. O projeto não poderá abarcar obras do Luz para Todos e financiadas por terceiros.

Nos mesmos moldes, o MME também autorizou o projeto de distribuição da Energisa Borborema, num total de R$ 44,4 milhões a serem aplicados até 2020 para a rede elétrica de parte da Paraíba. Em 2018 já foi realizado o aporte de R$ 17,7 milhões, enquanto que neste ano está sendo desembolsado R$ 11,9 milhões e R$ 14,8 milhões planejados para o ano que vem.