Edital dos leilões A-1 e A-2 entra em audiência pública na quinta-feira, 5

Contribuições serão recebidas pela Aneel até o dia 4 de outubro

A proposta de edital dos leilões de energia existente A-1 e A-2 de 2019 vai entrar em audiência pública na próxima quinta-feira, 5 de setembro, e ficará disponível para contribuições até o dia 4 de outubro. Os certames estão programados para o dia 6 de dezembro e são destinados à compra de energia elétrica proveniente de empreendimentos em operação comercial, em contratos com prazo de suprimento de dois anos.

A A-1 prevê contratos por quantidade com início de suprimento em 1º de janeiro de 2020 e término em 31 de dezembro de 2021. No A-2 estão previstos contratos por quantidade e por disponibilidade (apenas para termelétricas a gás e a biomassa) com início em 1º de janeiro de 2021 e término em 31 de dezembro de 2022. O edital e os contratos dos certames de 2019 reproduzem basicamente as regras dos últimos leilões de energia existente.

O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, alertou que existe uma sobra sistêmica de energia das distribuidoras designadas da Eletrobras, que foram privatizadas no ano passado e ponderou que talvez fosse melhor acomodar antes essa sobra para, na sequência, definir os leilões.