Eólica de 10 MW é aprovada para operação comercial na Bahia

Aneel também liberou 76 MW de empreendimentos de geração solar localizados no estado de São Paulo

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou a operação comercial da central de geração eólica Papagaio, numa decisão que contempla cinco aerogeradores de 2 MW, perfazendo 10 MW de capacidade instalada em Pindaí, na Bahia. A usina pertence a Papagaio Energia S.A..

A Aneel também acatou a solicitação da empresa AGV Solar IV Geradora de Energia S.A. e deliberou testes em três empreendimentos fotovoltaicos, denominados Água Vermelha IV (15,2 MW) e Água Vermelha V e VI, ambas com 30,4 MW de potência distribuídas entre 20 unidades geradoras. As UFVs estão localizadas no município de Ouroeste, no estado de São Paulo.

Outro provimento do órgão regulador foi de aprovação para testes de mais quatro aerogeradores da eólica Delta 7 II, cada um com 2,7 MW, totalizando 10,8 MW de potência instalada em Paulino Neves, município do Maranhão.