MCP: liquidação financeira deixa R$ 7,72 bi em aberto

Operação referente a agosto registra R$ 7,61 bilhões relacionados às liminares de GSF no mercado livre dos R$ 9,26 bilhões contabilizados

A liquidação financeira do mercado de curto prazo referentes às operações do mês de agosto resultou em uma movimentação de R$ 1,54 bilhão. De acordo com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, foram contabilizados R$ 9,26 bilhões e do valor não pago, R$ 7,61 bilhões estão relacionados com liminares de GSF no mercado livre, outros R$ 110 milhões representam valores em aberto na liquidação.
Segundo o comunicado da CCEE, os agentes que possuem decisões judiciais vigentes para não participarem do rateio da inadimplência oriunda de liminares do GSF perceberam adimplência próxima de 93%. Já os agentes amparados por decisões que determinam a incidência regular das normas perceberam adimplência de 10%. Não houve recursos para efetivar os pagamentos aos agentes que não estão beneficiados por decisões judiciais.

A operação, realizada pela CCEE, envolveu 8.286 agentes, sendo 1.867 devedores e 6.419 credores.

Conta Bandeiras
A liquidação financeira referente à Conta Centralizadora dos Recursos de Bandeiras Tarifárias em agosto de 2019 movimentou R$ 239.446.982,00.  A operação considerou o pagamento de 73 distribuidoras e permissionárias devedoras na Conta no valor de R$ 201.075.747,86, pagamento do prêmio de risco hidrológico no valor de R$ 38.326.655,18 aportados por 25 agentes geradores, e o saldo relacionado a pagamentos de inadimplências de competências de períodos anteriores no valor de R$ 44.578,96.