Conciliar é preciso

Enquanto não se chega as definições das negociações, abre-se espaço para muitas e distorcidas especulações externadas através da imprensa do nosso vizinho e também na nossa, se bem que esparsamente, quanto a favorecimento de uma das Partes em prejuízo da outra, em função do que foi estabelecido no Tratado Binacional à época, tentando influenciar a formatação da agenda das negociações que se aproximam

Cadastre-se GRATUITAMENTE ou faça seu login para acessar esse conteúdo

Veja as vantagens de ter um cadastro gratuito:

  • Acompanhar até 5 conteúdos fechados por mês
  • Receber nossas newsletters
  • Ficar por dentro dos cursos e eventos do CanalEnergia
Cadastre-se agora mesmo!
CPF já cadastrado. Clique aqui para fazer login ou recuperar sua senha.
Já sou cadastrado, fazer login