“CL..quina não deve ser usada para esta ‘gripezinha?’” Variantes estão se tornando realidade.

Até agora os brasileiros acreditam que não iam precisar de um medicamento tão discutível e tratavam o tema como se fosse de fato uma gripezinha, quando a energia que é produzida em Itaipu atende 15% (quinze porcento) da matriz de geração a discussão trará um novo impasse sobre seu efeito no nosso desenvolvimento. Esta na hora de mudar a atitude.

Cadastre-se GRATUITAMENTE ou faça seu login para acessar esse conteúdo

Veja as vantagens de ter um cadastro gratuito:

  • Acompanhar até 5 conteúdos fechados por mês
  • Receber nossas newsletters
  • Ficar por dentro dos cursos e eventos do CanalEnergia
Cadastre-se agora mesmo!
CPF já cadastrado. Clique aqui para fazer login ou recuperar sua senha.
Já sou cadastrado, fazer login