Wartsila anuncia entrada no mercado de energia solar

Primeiro projeto será entregue na Jordânia. Empresa espera crescimento expressivo na área oferecendo soluções híbridas

A Wartsila está entrando no mercado de energia solar. A empresa anunciou na última semana que está desenvolvendo usinas de 10 MW e usinas de energia híbrida com sistemas fotovoltaicos e motores de combustão interna. O primeiro projeto será construído na Jordânia. De acordo com Javier Cavada, presidente da Wartsila Energy Solutions, a empresa está confiante para expandir seu portfolio na direção das soluções sustentáveis e ajudar seus clientes a reduzir as emissões de carbono.

A empresa espera um crescimento rápido nesse segmento, chegando a vendas de € 300 milhões em 2020. O público alvo será formado pelas concessionárias, produtores independentes e clientes industriais. Os principais potenciais estão na África, no Oriente Médio, na América Latina e no sudeste asiático.

A Wartsila vai ser a primeira empresa a oferecer uma planta híbrida solar com uma planta de geração flexível. As duas unidades vão operar sincronizadas para reduzir o consumo de combustível dos motores. O projeto híbrido da Jordânia vai ser incluído na carteira de pedidos do quarto trimestre de 2016. Ele combina uma planta solar de 46 MW em módulos solares com uma planta de 250 MW em motores.