Projeto de reforços na subestação Corumbá é enquadrado no Reidi

Será investido sem a incidência de impostos um total de R$ 8,6 milhões

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura do projeto de reforços na Subestação Corumbá, no Mato Grosso do Sul, de titularidade da empresa Linha de Transmissão Corumbá S.A. Será investido sem a incidência de imposto, um total de R$ 8,6 milhões e a execução das obras ficará entre o período de 17 de fevereiro de 2016 até 17 de fevereiro de 2018.