Cotas de transmissoras para CDE de maio somam R$ 14,5 milhões

Proinfa vai recolher R$ 24,2 milhões em cotas pelo mês de setembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica fixou as cotas de custeio da conta de Desenvolvimento Energético para as transmissoras referentes ao mês de maio de 2016. De um total de R$ 14.527.873,08, a Cemig ficou com a maior cota de R$ 3.242.062,86. Em seguida vem a Eletronorte com R$ 1.926.420,30. A menor cota é da Itatim de R$ 4.341,31. De acordo com a Aneel os valores deverão ser recolhidos até o próximo dia 30 de julho.

A Aneel também fixou as cotas para o mês de setembro das transmissoras para o Programa de Incentivos ás Fontes Alternativas de Energia Elétrica. As cotas somam R$ 24.262.952,65, e a maior de todas ficou com a Eletronorte, que vai desembolsar R$ 8.274.216,50. A segunda maior é da Chesf, com R$ 5.261.791,56. Já a menor, de R$ 695,45, também é da Itatim. Os valores deverão ser pagos para a Eletrobras até o próximo dia 10 de agosto.