Eletrosul devolverá R$ 1,4 milhão à Gerdau por conta de liminar

Valor foi cobrado a título de pagamento de cotas da CDE de 2015

A Eletrosul terá que devolver, em até 15 dias, R$ 1,4 milhão para o consumidor livre Gerdau Aços Especiais. A siderúrgica é membro da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), que, por sua vez, tem uma liminar determinando que seus associados devem pagar apenas uma parte da cota da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica para o exercício de 2015. Para efetuar a operação, a Eletrobras, gestora da CDE, deverá efetuar, em até 10 dias, a devolução de R$ 1,28 milhão à transmissora Eletrosul. 
 
A Gerdau é consumidora de energia elétrica em sua unidade industrial de Charqueadas, no estado do Rio Grande do Sul e migrou para o mercado livre em primeiro de outubro de 2015. O valor a ser devolvido é referente ao pagamento das cotas da CDE feito pelo agente nos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado. As informações são do Diário Oficial da União desta terça-feira, 26 de julho, conforme despacho nº 1.925.