PLD estabiliza e fica em R$ 117,44/MWh na segunda semana de agosto

Afluências esperadas no SIN são revisadas de 74% para 72% da MLT

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informa que o Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 6 e 12 de agosto ficou praticamente estável ao passar de R$ 117,58/MWh para R$ 117,44/MWh em todos os submercados. Como os limites de intercâmbio entre todos os submercados não são atingidos, seus preços ficam equalizados.
 
As afluências esperadas para o Sistema Interligado Nacional em agosto foram revistas de 74% para 72% da MLT, abaixo da média em todos os submercados, mantendo-se estável apenas no Sudeste, com 84%. A previsão de ENAs para o mês é de 69% da MLT no Sul, 34% no Nordeste e de 45% no Norte.
 
Já os níveis dos reservatórios do sistema ficaram aproximadamente 250 MW médios abaixo do esperado, redução observada principalmente no Sul, com 600 MW médios a menos. Houve redução de 110 MW médios no Norte e elevação de 400 MW médios nos níveis do Sudeste e de 50 MW médios no Nordeste. A carga esperada para o SIN na segunda semana de agosto não sofreu qualquer alteração frente à previsão da semana anterior.
O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação de Energia para agosto foi revisto de 91,2% para 88,8%, em razão da entrada em operação comercial de unidades geradoras das UHEs Teles Pires, Cachoeira Caldeirão e Belo Monte. Essa situação eleva a garantia física a ser atendida e reduz o MRE para o período. São esperados R$ 203 milhões em Encargos de Serviços do Sistema, para agosto, sendo R$ 191 milhões referentes às restrições operativas.
 
PLD
 
Sudeste/ Centro-Oeste: R$ 122,29/ MWh (Pesada); R$ 118,29/ MWh (Média) e R$ 114,78 / MWh (Leve)
 
Sul: R$ 122,29/ MWh (Pesada); R$ 118,29/ MWh (Média) e R$ 114,78 / MWh (Leve)
 
Nordeste: R$ 122,29/ MWh (Pesada); R$ 118,29/ MWh (Média) e R$ 114,78 / MWh (Leve)
 
Norte: R$ 122,29/ MWh (Pesada); R$ 118,29/ MWh (Média) e R$ 114,78 / MWh (Leve)
 

Para checar a evolução do PLD e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse o Monitor Energia, disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo.