MME enquadra eólicas na Bahia no Reidi

Projetos de reforços em subestações também foram enquadrados

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura de três eólicas na Bahia. As EOLs Serra da Babilônia X (26 MW), Serra da Babilônia IX (26 MW) e Serra da Babilônia VIII (26 MW), são localizadas no município de Morro do Chapéu, na Bahia. O período de execução das obras ficará entre 1 de março de 2017 até 1 de outubro de 2018, e será investido, sem a incidência de impostos, um valor de R$ 117,1 milhões em cada uma delas.

O MME também enquadrou no Reidi o projeto de reforços na subestação Itapaci, localizada no município de Itapaci, em Goiás. As obras serão executadas durante 27 de maio de 2013 até 30 de janeiro de 2017, e será gasto, sem a incidência de impostos, um total de R$ 5,1 milhões. Outro projeto que também foi enquadrado no Reidi foi o de reforços na subestação Peixe 2, no município de Peixe, no Tocantins. O período das obras será compreendido de 27 de junho de 2016 até 31 de dezembro de 2017, e será investido, sem a incidência de impostos, um valor de R$ 104 milhões.