Lote 6 do leilão de LTs fica com consórcio Olympus

Liderado pela Alupar, grupo ficou com linhas e subestações entre Minas Gerais e Espírito Santo sem entrar em disputa

O lote 6 do leilão de transmissão saiu sem deságio sobre a receita anual permitida máxima de R$ 145.986.950,00. O projeto ficou com o consórcio Olympus liderado pela Alupar (99%). O lote é formado por linhas e subestações entre Minas Gerais e Espírito Santo. Veja abaixo a composição do lote:

LT 500 kV Governador Valadares 6 – Mutum C1, com 156 km;
LT 500 kV Mutum – Rio Novo do Sul C1, com 132 km;
SE 500 kV Mutum;
SE 500/345 kV Rio Novo do Sul – 500/345 kV (3+1 Res) x 350 MVA