Leilão de LTs: lote 5 sai com deságio de 17,35%

Consórcio ECB-Mota-Engil ofertou RAP final de R$ 17,666 milhões para subestação em Minas Gerais

O Consórcio ECB-Mota-Engil, formado por Construtora Brasil (99%-líder) e Mota Engil (1%), ficou com o lote 5 do leilão de transmissão, que é realizado nesta sexta-feira, 28 de outubro, na Bolsa de Valores de São Paulo. O vencedor fez um lance com deságio de 17,35% sobre a receita anual permitida máxima de R$ 21.377.040,00. Com isso, a RAP final ficou em R$ 17,666 milhões. O lote é formado pela subestação Pedro Paraiso 2, de 500kV, com compensador estático 500 kV (-150/+300) Mvar. A subestação ficará em Minas Gerais.