GE Power irá fornecer soluções digitais e cibernéticas para térmica em Sergipe

Contrato também prevê manutenção de instalações a longo prazo. Usina terá 1.516 MW e será a maior da América Latina a operar com gás

A GE Power assinou com a Centrais Elétricas de Sergipe – Celse um contrato de serviço plurianual para fornecimento de manutenção, reparo e soluções digitais e cibernéticas à termelétrica de 1.516 MW em construção no Porto de Sergipe. Ela será a maior usina a gás da América Latina quando começar a operar, em janeiro de 2020. A encomenda relativa à segurança no campo cibernético é a primeira do tipo que a GE fecha na América Latina, e, segundo a empresa, ajudará a melhorar o desempenho e a disponibilidade da geradora, possibilitando a conectividade operacional segura da tecnologia.

O acordo contempla, entre outros pontos: a manutenção de instalações a longo prazo, incluindo manutenção programada nas turbinas a gás e a vapor, componentes auxiliares, geradores e sistemas de controle; serviços de operação e manutenção de instalações; soluções digitais, incluindo Asset Performance Management e Operations Optimization; e a solução de segurança cibernética OpShield. Neste caso, trata-se de um firewall de compartilhamento conectado à internet, especializado, que protege a infraestrutura crítica com o monitoramento e bloqueio de atividades maliciosas direcionadas aos ativos da planta.

É o segundo acordo comercial firmado entre GE e Celse. Em outubro do ano passado, as empresas fecharam um pedido de equipamentos originais avaliado em mais de US$ 900 milhões para o projeto da usina, que está sendo construída no município sergipano de Barra dos Coqueiros. O empreendimento, em ciclo combinado, vai incluir três turbinas a gás 7HA da GE, bem como uma turbina a vapor, um gerador de vapor de recuperação de calor e tecnologia de transmissão. A GE também está fornecendo todo o pacote de engenharia de energia e o restante da usina, como torres de resfriamento, fundações, vias e prédios.