CCEE: siderúrgica Albras liderou consumo no mercado livre em janeiro de 2017

Entre os consumidores especiais, rede de supermercados Carrefour foi a maior consumidora

O boletim InfoMercado Mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica de janeiro aponta que o consumo das empresas no Ambiente de Comercialização Livre, conhecido como mercado livre, é liderado pela Albras. A siderúrgica registrou um consumo de 819,4 MW médios no período. A petroquímica Braskem, que alcançou 360,5 MW médios em janeiro, é a segunda maior consumidora de energia, com a siderúrgica Arcelor JF, com 342,4 MW médios na terceira posição do ranking.
 
Já entre os consumidores especiais, ou seja, empresas com demanda contratada de energia entre 0,5MW e 3MW, o ranking apresenta o Carrefour, com 58,4 MW médios; a Telefonica, com 47,4 MW médios e a Companhia Brasileira de Distribuição 44,5 MW médios como as empresas com maior consumo no período. De acordo com a regulação do mercado, o consumidor especial deve adquirir energia somente de fontes incentivadas.

Em janeiro, o consumo total no Sistema Interligado Nacional totalizou 64.793 MW médios, montante 5,9% maior ao registrado no mesmo período do ano passado. No mercado cativo, no qual os consumidores são atendidos pelas distribuidoras, o consumo ficou estável, enquanto no mercado livre, no qual consumidores compram energia diretamente dos fornecedores, foi registrado aumento de 25,9%, explicado pela migração de empresas do mercado regulado para o livre.