Fusão entre Gamesa e Siemens é concluída

Empresa alemã fica com 59% enquanto a Ibredrola com 8% do capital social

A fusão entre a espanhola Gamesa e a alemã Siemens foi oficialmente formalizada. A operação anunciada em junho de 2016 passou por todas as condições precedentes a outras ações para o seu fechamento. Assim, ficou consolidada a criação da empresa com presença em mais de 90 países e uma base instalada de 75 GW. O pedido em carteira da nova empresa soma 21 bilhões de euros, a receita combinada seria de 11 bilhões de euros e resultado Ebit (antes de juros e impostos) de 1,1 bilhão de euros. A sede da companhia ficou em território espanhol, na cidade de Zamudio. Mas a Siemens tem 59% do capital, 8% ficou com a Iberdrola e o restante no mercado de ações. O cargo de CEO ficará com Ignacio Martín, executivo chefe do conselho da Gamesa.