Energia elétrica faz IPCA de março ficar em 0,43%

Item teve queda de 3,41% no período e levou a impacto negativo de 0,13 ponto percentual

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo do mês de março apresentou variação de 0,43%, menos da metade da taxa de 0,90% de fevereiro. É o mês de março com registro mais baixo desde 2012, quando o índice foi de 0,21%. O item energia elétrica teve expressiva queda de 3,41%, gerando o maior impacto para baixo, de 0,13 ponto percentual.

O recuo na energia se deu por conta da adoção da bandeira amarela em lugar da vermelha, que fez com que o adicional pago por kilowatt/hora consumido caísse de R$ 3 para R$ 1,50. As contas ficaram mais baratas em todas as regiões pesquisadas também em razão da redução do PIS/COFINS ocorrida na maioria delas. Com as contas mais baratas em 8,55%, a região metropolitana de Salvador se destacou.

No acumulado de 2016, o IPCA está em 2,62%. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o índice é de 9,39%. Em março do ano passado, o IPCA ficou em 1,32%.