BBCE atinge R$ 3 bilhões em negócios no Brasil

Em 4 anos, empresas e indústrias utilizaram a plataforma para adquirir um total de 12 mil MW

O Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia atingiu a cifra de R$ 3 bilhões em negócios movimentados pela plataforma eletrônica de compra e venda de energia no mercado livre brasileiro, informou a BBCE nesta segunda-feira, 4 de março. Em quatro anos, empresas e industrias utilizaram a plataforma para adquirir um total de 12 mil MW, quase a capacidade instalada da maior hidrelétrica da América do Sul, que é Itaipu.
 
Segundo a empresa, a taxa de conversão (percentual entre o volume de visita e as vendas efetuadas) no ecommerce de energia no Brasil, registrada no BBCE, é de 12%, a maior em vendas online no país, que registra cerca de 1,2%. O resultado também está bem acima da média de países com economias mais maduras, como os Estados Unidos, por exemplo, cujo varejo eletrônico apresenta entre 5% e 7% de conversão.
 
“Em quatro anos, nossa plataforma digital fechou mais de oito mil contratos de compra e venda de energia, consolidando assim o modelo de negócios de intermediação digital na área de energia elétrica no Brasil”, explica Victor Kodja, presidente e fundador da plataforma BBCE. “A estratégia baseada em aproximação com os principais comercializadores, alta transparência e alinhamento com os demais agentes do setor elétrico fez a BBCE alcançar a liderança absoluta do mercado”, acrescenta.
 
O BBCE foi fundado em 2012 e hoje conta com 18 sócios. Por meio de uma plataforma digital desenvolvida entre os próprios agentes do setor, a empresa oferece um ambiente de negociação de contratos em tempo real, com aumento da simetria, da redução de custos e da agilidade, permitindo assim maior liquidez ao segmento.