MME lança programa de energia solar sobre flutuadores em Sobradinho

Quando completo, sistema terá o tamanho de cinco campos de futebol

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, e o presidente da Eletrobras Chesf, José Carlos de Miranda Farias, lançam nesta sexta-feira, 11 de março, o projeto de pesquisa e desenvolvimento para exploração de energia solar com uso de flutuadores no lago da hidrelétrica Sobradinho, na Bahia.
 
Na cerimônia será apresentado o protótipo com cerca de 60 m² de área em funcionamento, permitindo a visualização da energia gerada. Nas semanas seguintes, serão aprofundados os estudos da área dos lagos para a ampliação dos sistemas, que na primeira fase terão 1 MW, com área equivalente a um campo de futebol e, posteriormente, 5 MW, com superfície igual à de cinco campos.
 
Na semana passada foi lançado o projeto no lago da hidrelétrica Balbina, localizada no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas. Somando-se os sistemas das duas usinas, a pesquisa contará com estrutura de geração de 10 MWp (a potência máxima atingida nas melhores condições de sol).
 
O estudo será conduzido por pesquisadores das universidades federais do Amazonas e de Pernambuco, com acompanhamento do governo federal. Eles irão analisar questões diversas, desde viabilidade econômica para expansão em grande escala até possíveis impactos ambientais.