Segundo bipolo de Belo Monte é enquadrado no Reidi

Sistema de transmissão em corrente contínua terá extensão de 2.578 km

O Ministério de Minas e Energia publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira, 8 de março, o enquadramento no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi) do projeto de transmissão do Leilão nº 07/2015-Aneel. Trata-se do segundo bipolo para o escoamento da energia produzida pela hidrelétrica de Belo Monte (PA-11.233 MW). O projeto foi arrematado pela gigante chinesa State Grid e será implantando pela SPE Xingu Rio Transmissora de Energia, com prazo de conclusão previsto para 2 de dezembro de 2019.
 
O sistema em corrente contínua terá tensão de ± 800 kV, com potência nominal de 4.000 MW em Xingu e de 3.788 MW na subestação Terminal Rio. O projeto terá extensão de 2.578 km aproximadamente, sendo a linha em corrente contínua com aproximadamente 2.518 km e duas linhas em corrente alternada com 30 km cada.
 
Ainda segundo o Diário Oficial, o parque eólico Ventos do Norte 18 (30 MW), de titularidade da Delta 3 VII Energia S.A, também foi enquadrado no Reidi.