AES Tietê registra lucro líquido de R$ 726,3 milhões em 2015

Resultado é 61,6% maior que no ano anterior. Rebaixamento no MRE gerou impacto de R$ 593 milhões no ebtida

A AES Tietê registrou lucro líquido de R$ 726,3 milhões em 2015, 61,6% maior que o obtido no ano anterior. O ebtida da companhia cresceu 52,7% para R$ 1,401 bilhão. O lucro das operações continuadas da geradora totalizou R$ 738,8 milhões no ano passado, 79% acima do lucro de 2014, com isso, a empresa propôs a distribuição de R$ 463,8 milhões de dividendos para o ano de 2015.

A receita da empresa, entretanto, sofreu queda, principalmente por conta da redução de venda de energia no mercado de curto prazo, associada a queda do valor do PLD. A diminuição do preço do mercado spot de 76% no submercado Sudeste/Centro-Oeste para R$ 287,20/MWh no ano passado contribuiu para uma queda dos custos e despesas operacionais (descontando depreciação).

A receita bruta da geradora caiu 19% para R$ 2,779 bilhões no ano. E a receita líquida registrou redução de 18,1% para R$ 3,205 bilhões em 2015. Os custos e despesas operacionais caíram 74,8% para R$ 232,9 milhões. A dívida líquida da AES Tietê Energia caiu 42,5% para R$ 644,9 milhões em 2015. Os investimentos caíram 43,2% para R$ 105,6 milhões.

A exposição da companhia ao Mecanismo de Realocação de Energia foi menor no quatro trimestre de 2015, de 7,1%, ante 12,2% no mesmo período anterior. Entretanto, no ano, o rebaixamento acumulado fica em 15,8% em 2015, contra 9,3% no ano anterior. O impacto no ebtida ficou em R$ 593 milhões no ano passado, em linha com a expectativa divulgada anteriormente de algo entre R$ 570 milhões e R$ 630 milhões.