Prazo para entrega de estudos da UHE Jatobá é prorrogado até dezembro

Agência também adiou para 2017 entrega de estudos da UHE Jamanxim

A Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu prorrogar até 31 de dezembro de 2016 o prazo estabelecido para entrega dos estudos de viabilidade da UHE Jatobá, no rio Tapajós, no Amazonas. A usina tem potência de 2.338 MW. O grupo que faz os estudos é composto pelas empresas Eletrobras, Eletronorte, EDF, Cemig, Neoenergia, Camargo Corrêa, Copel, Engie e Endesa.

Quem também teve o prazo de entrega de estudos de viabilidade postergado foi outra hidrelétrica do rio Tapajós, a de Jamanxim, de 881 MW. O prazo final agora é até o dia 31 de dezembro de 2017. As decisões foram publicadas no Diário Oficial da União. Os estudos estão sendo realizados por Eletrobras, Eletronorte, Camargo Corrêa, EDF Consultoria em Projetos de Geração de Energia, Eletricité de France, Cemig GT, Copel, GDF Suez Energy Latin América Participações, Endesa Brasil, Neoenergia Investimentos e Consórcio Tapajós.