Receita operacional da Energisa em outubro chega a R$ 836,7 milhões

No acumulado do ano, receita subiu 38,4% na comparação com 2014

A Energisa teve receita operacional líquida de R$ 836,7 milhões em outubro de 2015. A empresa divulgou para investidores boletim informativo em que mostra que o resultado foi melhor que os R$ 817,2 milhões registrados no mesmo período do ano anterior. Já a receita operacional líquida consolidada do Grupo Energisa nos primeiros dez meses de 2015, deduzida das receitas de construção, totalizou R$ 8,01 bilhões, aumentando 38,4% em relação a de igual período de 2014.

Em outubro, as vendas consolidadas para os consumidores cativos e transporte de energia aos consumidores livres localizados nas áreas de concessão sofreram redução de 2,9% na comparação com o mesmo mês de 2014, ficando em 2.517,1 GWh. Do total, 2.207,6 GWh foram vendidos no mercado cativo, que caiu 2%, e 309,5 GWh foram transportados para consumidores livres, significando um recuo de 9,1%. Já as vendas de energia da subsidiária de comercialização no Ambiente de Contratação Livre totalizaram 178 GWh, uma redução de 32,2%. A energia total comercializada pelo Grupo Energisa no mês de outubro foi de 2.866,7 GWh, contra 3.096 GWh em igual mês do ano passado.

Nos dez meses do ano, a energia total comercializada somou 27.095,4 GWh, subindo 24,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. O aumento expressivo veio principalmente da base comparativa de 2014, que inclui apenas as vendas de energia das empresas adquiridas do Grupo Rede a partir de 11 de abril de 2014.