Aneel não descarta autorizar obras de transmissão sem licitação

Solução seria a última saída para projetos importantes sem sucesso nos leilões

A Agência Nacional de Energia Elétrica não descarta a possibilidade de autorizar obras de transmissão sem licitação, disse José Jurhosa Junior, diretor do órgão. A solução seria a última saída para projetos importantes para a população – que por algum motivo não conseguiram atrair o interesse dos investidores nos leilões. “Isso sempre é possível, embora procuramos não fazer uma autorização direta em obras que interligam dois pontos e novas subestações. Entendemos que a licitação traz o preço a valor de mercado e não temos intenção de acertar o valor qual seja”, disse.

Somado os resultados dos dois últimos leilões de transmissão de 2015, apenas oito empreendimentos tiveram sucesso de 23 ofertados. “A questão de fazer uma autorização para uma transmissora existente é uma possiblidade. Não é a praxe da Aneel, não entendemos ser o mais viável, mas em última instância – o consumidor sendo ameaçado de ter restrição no seu fornecimento – essa é uma opção que poderemos levar à cabo”, completou o diretor, em entrevista coletiva na BM&FBovespa, em São Paulo, nesta quarta-feira, 18 de novembro.