Fitch afirma rating de AA+(bra) de emissão da TBSE

Transmissora controlada por Eletrosul e Copel tem resultados em linha com o esperado pela agência de risco> Perspectiva é estável

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo da segunda emissão de debêntures da Transmissora Sul Brasileira de Energia, com vencimento em 2028, em ‘AA+ (bra) ’. A perspectiva é estável. A TSBE tem entre seus acionistas a Eletrosul e a Copel. Ela implanta, opera, comercializa e explora concessões transmissão no Sul do Brasil. Ela é responsável por implementar e operar as linhas de transmissão de 525KV Salto Santiago – Itá –Nova Santa Rita (LT I) e as linhas de transmissão de 230KV Nova Santa Rita –Camaquã 3 – Quinta (LT II), além das subestações necessárias para conectar as linhas. O prazo de concessão é de trinta anos contados a partir de maio de 2012.

A classificação do rating vem pelos resultados obtidos pela TBSE, em linha com a estimativa da Fitch em 2014. O rating reflete o pequeno efeito negativo nos Índices de Cobertura do Serviço da Dívida nos cenários da Fitch revistos em razão de indisponibilidades relativas aos atrasos na entrada em operação comercial das funções de transmissão e dos custos e investimentos realizados e previstos.

A Fitch diz ainda que o rating poderá ser rebaixado caso a TSBE apresente níveis de disponibilidade abaixo do cenário de rating e custos e despesas operacionais, gerais e administrativas continuamente acima do cenário previsto, resultando de rating, resultando em índice de cobertura do serviço da dívida abaixo de 1,25 vez. Por outro lado, o rating poderá ser elevado caso haja elevação dos ratings da Eletrobras e da Copel, já que eles são garantidores do pagamento de principal e de juros das debêntures até o repagamento total. Além disso, o rating poderá ser beneficiado caso a TSBE apresente custos e despesas operacionais, gerais e administrativas, investimentos e disponibilidade estáveis, que mantenham a cobertura da dívida continuamente acima de 1,35 vez.