Copel vai à China para ampliar parceria com State Grid

Comitiva discutiu possibilidade de desenvolvimento de projetos na geração e na transmissão de energia

A comitiva internacional liderada pelo governador do Paraná Beto Richa esteve nesta sexta-feira, 16 de outubro, na sede da chinesa State Grid. No encontro, o presidente da Copel, Luiz Fernando Leone Vianna, discutiu com diretores da companhia chinesa a possibilidade de desenvolver novos projetos conjuntos. As duas empresas já atuam em parceria em três grandes projetos de transmissão de energia no Brasil, com investimento total de R$ 3,6 bilhões. De acordo com Richa, a intenção é ampliar mais a parceria, já que o país precisa melhorar mais a sua infraestrutura energética.

A proposta da Copel é desenvolver novos projetos em conjunto nas áreas de geração, com a construção de usinas hidrelétricas e termoelétricas e, também, na transmissão de energia. Segundo Luiz Fernando Vianna, a escolha da Copel como parceira mostra que a empresa paranaense tem qualidade e engajamento.  Dois projetos da Copel e da State Grid, Matrinchã e Guaraciaba, que somam 1.600 quilômetros de linhas de transmissão para escoamento de energia das usinas do Complexo Teles Pires, no Mato Grosso, serão inaugurados no início de 2016. Uma delas, a Linha de Transmissão Matrinchã, já está em funcionamento. As companhias investiram R$ 2,7 bilhões em Matrinchã e Guaraciaba.

As duas empresas constroem em parceria com Furnas as linhas de transmissão Barreiras II – Rio das Éguas; Rio das Éguas – Luziânia; Luziânia – Pirapora 2, localizadas nos estados da Bahia, Minas Gerais e Goiás. O lote somará 967 quilômetros de linhas, com investimento de R$ 960 milhões.