Fitch afirma ratings de IDRs da Taesa em ‘BBB’

Agência também afirmou em 'AAA (bra)' Rating Nacional de Longo Prazo e o de emissão de R$ 2,16 bilhões

A agência de classificação de risco Fitch afirmou na última sexta-feira, 4 de setembro, os Ratings de Probabilidade de Inadimplência do Emissor em Moedas Estrangeira e Local da Taesa em ‘BBB’. Ela também afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra)’ da transmissora. Ao mesmo tempo, a agência afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’ da terceira emissão de debêntures seniores sem garantia da empresa, no valor de R$ 2,16 bilhões. A Perspectiva dos ratings corporativos é estável.

De acordo com a Fitch, o rating reflete a expectativa de que a companhia vai manter um sólido perfil financeiro no médio prazo, com indicadores de crédito atuais fortes para os IDRs, em comparação com outros similares na América Latina. Em base pro forma consolidada, a Taesa apresenta baixa alavancagem para uma empresa do setor de transmissão de energia, assim como um cronograma de vencimento da dívida administrável. Os ratings também incorporam o baixo risco de negócios da Taesa, decorrente de sua forte e diversificada carteira de ativos de transmissão, com geração de fluxo de caixa robusta e previsível e altas margens operacionais.

Uma ação negativa de ratings pode ocorrer caso o perfil da Taesa se deteriore, com alavancagem líquida acima de quatro vezes, em bases sustentáveis. Um cenário mais desafiador para o setor de energia no Brasil também poderá trazer um rebaixamento para os ratings da empresa. Uma ação positiva de rating é improvável no curto a médio prazo.