Liquidação do MCP de junho em princípio está mantida, diz Rufino

Pagamento das operações de curto prazo deve ocorrer na quinta-feira, 6

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, Romeu Rufino, afirmou que a data da liquidação de junho no mercado de curto prazo em princípio esta mantida e “a expectativa é de que ela ocorra dentro da normalidade.” O pagamento das operações realizadas naquele mês está previsto para as próximas quarta e quinta-feiras, 5 e 6 de agosto.

“Não identificamos necessidade ou que pudesse vir a ser uma solução adiar a liquidação. A liquidação segue seu calendário. É claro que tem algumas liminares concedidas falando do GSF. Isso impacta em alguma medida a distribuidora, mas, dado o comportamento de arrecadação da conta de bandeiras, há uma expectativa de que isso possa comportar a liquidação que será feita”, disse Rufino, em conversa com jornalistas. Ele citou as liminares de Santo Antônio e Jirau ao reconhecer que existem algumas situações excepcionais que de alguma maneira interferem ou perturbam a liquidação, mas ainda assim acredita que ela deva ocorrer.