Valter Cardeal e Adhemar Palocci pedem afastamento da Eletrobras

Executivos são suspeitos de participação em esquema de corrupção desvendado pela Lava-Jato

A Eletrobras informou em comunicado ao mercado divulgado na última sexta-feira, 31 de julho, que o seu diretor de geração, Valter Luiz Cardeal de Souza, e Adhemar Palocci, diretor de Planejamento e Engenharia da Eletronorte, solicitaram licença de seus cargos. Há a suspeita de que os executivos podem estar envolvidos no esquema de corrupção que vem sendo revelado pela operação Lava-jato.

De acordo com a Eletrobras, foi aprovada em reunião do Conselho de Administração a criação de comissão independente para gestão da investigação, que vai supervisionar a investigação feita pelo escritório Hogan Lovells. A comissão também aprovou a contratação da ex-ministra do Superior Tribunal Federal Ellen Gracie Northfleet e de Durval José Soledade Santos.