CCEE registra aumento de 17,5% na geração das usinas à biomassa

Potência instalada chega a 10,7 GW em maio. São Paulo destaca-se com metade da geração no país

Dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica mostram que, de janeiro até maio de 2015, as usinas movidas à biomassa produziram 17,5% a mais de energia na comparação com os primeiros cinco meses do ano passado. A geração alcançou 1.449 MW médios, enquanto atingiu 1.233 MW médios no mesmo período de 2014.

A capacidade instalada das plantas movidas à biomassa também atingiu marca expressiva, chegando a 10,7 GW em maio. A expansão é de 9,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a capacidade era de 9,8 GW. Segundo o boletim InfoMercado mensal, a geração, em maio, foi de 3.108 MWmed, com destaque para o desempenho de São Paulo, que segue como principal produtor de energia proveniente de biomassa. As usinas paulistas entregaram 1.580 MWmed. Goiás, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais aparecem na sequência com 423 MWmed, 363 MWmed e 348 MWmed gerados, respectivamente.

Os dados consolidados da CCEE apontam ainda que, em capacidade instalada, o estado de São Paulo (4.977 MW) também é o principal destaque, seguido por Mato Grosso do Sul (1.670 MW), Minas Gerais (1.110 MW) e Goiás (1.015 MW). Em maio, 233 plantas movidas à biomassa, em funcionamento, estavam cadastradas na CCEE, frente 212 instalações no mesmo período de 2014.