MME avança no processo de revisão de garantias físicas

Ministério quer intensa participação dos agentes no processo. Reunião do último dia 29 apresentou relatório elaborado em 2014 pelo Cepel e EPE

O Ministério de Minas e Energia realizou, na última sexta-feira, 29 de maio, a 2ª Reunião Ampla para tratar da revisão ordinária de garantia física de energia das usinas hidrelétricas. Participaram do encontro agentes do governo, entidades do setor elétrico, empresas e associações debateram a base de dados, as premissas e os critérios da revisão.

De acordo com o secretário-executivo do MME, Luiz Eduardo Barata, esse processo é contínuo e o ministério pretende conduzi-lo com participação bastante intensa de todos. Segundo ele, há uma séria de reuniões programadas elas serão tanto amplas como técnicas. Isso não impede que outras reuniões sejam pedidas e seguramente serão concedidas, para que esse processo seja o mais rico possível. Ainda de acordo com ele, o objetivo é cumprir o que está definido que é chegar ao final do ano com as garantias físicas revisadas.

A reunião ocorreu no âmbito da Portaria MME nº 681/ 2014, que determinou a constituição de grupo de trabalho com o objetivo de analisar os dados, a configuração, a metodologia e os modelos necessários à revisão ordinária.

Na primeira reunião ampla, foi feita a apresentação do Relatório intitulado “Revisão Ordinária de Garantia Física de Energia das Usinas Hidrelétricas”, emitido em dezembro de 2014, que foi elaborado conjuntamente pelo MME, pelo Centro de Pesquisas de Energia Elétrica e pela Empresa de Pesquisa Energética. A 3ª Reunião Ampla, quando será apresentada a metodologia para a Revisão Ordinária de Garantia Física de Energia está marcada para o dia 14 de agosto deste ano.