Reservatórios do Sudeste/Centro-oeste terminam maio com volume de 36%

Números são próximos aos de 2014, mas bem distantes do registrado em 2013. Nordeste encerrou mês com 27% da capacidade

Os reservatórios do Submercado Sudeste/Centro-Oeste encerraram ao mês de maio com 36% de volume armazenado. O número confirma a expectativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico, que esperava encerrar o mês com essa marca. No ano passado, a marca no fim do mês era de 37,4% e em 2013 era de 62,9%, o que evidencia as alterações graduais nos níveis. A energia armazenada é de 78.870 MW mês e a energia afluente é de 27.257 MW med, que equivale a 100% da média de longo termo armazenável no mês até o dia. A usina de Furnas opera com 28% e a de Nova Ponte, com 26,27% da sua capacidade.

No Nordeste, os níveis encerraram o mês operando com 27% da sua capacidade, pouco acima dos 26,5% previstos. Em 2014, os níveis estavam em 40,8% e em 2013, em 48,5%. A energia armazenada é de 13.981 MW mês e a ENA é de 3.448 MW med, o mesmo que 60% da MLT. A usina de Sobradinho registra volume de 21,2%. No submercado Norte, os reservatórios ficaram com 82,5% em maio. Eles também estão menores que no ano passado, quando terminaram o mês com 93%, e que em 2013, com 93,9%. A energia armazenada na região é de 12.222 MW mês e a ENA é de 7.670 MW med, que corresponde a 110% da MLT. A usina de Tucuruí registra volume de 100%.

Na região Sul, os reservatórios terminaram maio com volume de 38,1%. Em 2014, o número era bem acima dessa marca, ficando em 54,9%. Em 2013, era de 54,32%. A energia armazenada na região era de 7.605 MW mês e a ENA é de 12.606 MW med, que é o mesmo que 76% da MLT. A usina de Barra Grande opera com 30,3% da capacidade.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, por submercado ou pelos principais reservatórios do país, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor Energia, disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo.