ONS espera armazenamento em 36,7% no fim de junho no SE/CO

Afluência na região deve ficar próxima a média histórica. A carga do SIN deve crescer 0,3% no mês

O Operador Nacional do Sistema Elétrico espera que o nível de armazenamento do subsistema Sudeste/Centro-Oeste continue a subir no mês de junho. Para o fim do próximo mês, a expectativa é que os reservatórios cheguem a 36,7% da capacidade, ante 35,8% registrado na última quarta-feira, 28 de maio. A afluência na região deve ficar em 90% da média histórica no mês.

A previsão indica a ocorrência de afluências significativamente abaixo da média apenas para a região Nordeste. A projeção do ONS é que a vazão do subsistema fique em 57% da MLT no mês. Com isso, o armazenamento do Nordeste deve chegar a 24,6% da capacidade. A região Sul terá afluência acima da média histórica, 127%, e o Norte do país, dentro da média. Os armazenamentos devem ficar em 55,2%, no Sul, e 81,4%, no Norte.

A carga deve avançar apenas 0,3% em junho no Sistema Interligado Nacional, ante o mesmo mês do ano passado. O resultado é puxado pela baixa de 1,6% no SE/CO e a estabilidade esperada na região Sul. O despacho térmico deve ficar em 15.415 MW médios na semana operativa que começa no próximo sábado, 30. A maior parte do despacho, 11.009 MWmed, será pela ordem de mérito. Outros 4.218 MWmed serão por garantia energética.

O Custo Marginal de Operação ficou uniforme em todos os subsistemas em R$ 367,91/MWh para a semana operativa.

Para checar a evolução do CMO e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse o Monitor Energia disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo