Eólicas no Nordeste entram no Reidi

Usinas ficam localizadas no Rio Grande do Norte e Pernambuco

O Ministério de Minas e Energia autorizou na última quinta-feira, 21 de maio, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura da EOL Aventura I (RN), licitada no leilão A-5 de 2013. Serão construídas treze unidades geradoras, que somam 26 MW de potência. As obras estão previstas para começar em 10 de outubro de 2016, com término em 31 de dezembro de 2017. O projeto tem uma demanda de R$ 80,1 milhões em investimentos, sem impostos.

O MME enquadrou ainda ao Reidi a EOL Ventos de São Clemente I (CE). Quinze unidades geradoras serão construídas, com um total de 30 MW de capacidade instalada. O período de obras vai de 10 de fevereiro de 2016 a 10 de janeiro de 2017. Serão investidos R$ 111,1 milhões no empreendimento, sem a incidência de impostos.